Última hora

Em leitura:

Síria: Combates retomam em Alepo, após trégua humanitária


Síria

Síria: Combates retomam em Alepo, após trégua humanitária

Os combates retomaram este sábado nas zonas ocidental e sudoeste da cidade de Alepo, terminada a trégua humanitária de dez horas anunciada unilateralmente pela Rússia.

Segundo a agência noticiosa oficial síria, SANA, a aviação do regime atacou posições de grupos terroristas em localidades a sudoeste de Alepo. O porta-voz da Defesa Civil na província informou que houve cerca de 30 bombardeamentos em povoações a oeste de Alepo.

Um responsável da ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos disse à agência EFE que os confrontos entre as forças leais aos presidente Bashar al-Assad e as milícias rebeldes e extremistas sunitas se reacenderam com a mesma intensidade na periferia ocidental e sudoeste.

Bairros da zona oriental da cidade continuam nas mãos de grupos rebeldes que se opõem ao presidente sírio, Bashar al-Assad, enquanto as forças do governo, com apoio da Rússia, mantêm o controlo da zona ocidental.

A trégua humanitária declarada pela Rússia e pelo exército sírio chegou ao fim sem a evacuação de civis das zonas sitiadas ou rendição de rebeldes, de acordo com o Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

A ONU estima que cerca de 275 mil civis permanecem nas zonas de Alepo sob controlo rebelde.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Protestos violentos em Florença contra a reforma constitucional de Renzi