Última hora

Em leitura:

Neymar arrisca julgamento mas não está só


Desporto

Neymar arrisca julgamento mas não está só

Não há fim à vista na novela que foi a transferência de Neymar do Santos para o Barcelona. No mais recente capítulo, a justiça espanhola recomendou o julgamento por corrupção do jogador, dos seus pais, do presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, do seu antecessor no cargo, Sandro Rosell, e dos dois clubes envolvidos no negócio.

Em causa está um contrato assinado em 2011, dois anos antes da transferência, e que rendeu ao brasileiro 40 milhões de euros pela futura transferência para o clube espanhol. Ora o contrato em questão impediu que o jogador entrasse no mercado de acordo com as regras de livre concorrência, pelo que na prática todos os envolvidos se arriscam a ser condenados por corrupção entre particulares.

A justiça espanhola tem agora dez dias para avançar com uma acusação formal, o Barcelona já anunciou a intenção de recorrer da decisão.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

Desporto

Cristiano Ronaldo no clube de coração até 2021