Última hora

Em leitura:

Mercados reagem à vitória de Trump e abrem no vermelho


mercados

Mercados reagem à vitória de Trump e abrem no vermelho

As bolsas europeias abriram em queda, depois da vitória de Donald Trump nas eleições norte-americanas.

A incerteza em torno do controverso líder republicano fez-se sentir nos principais mercados: Paris, Londres e Frankfurt abriram no vermelho. Segundo Robert Halver, do Baader Bank: “hoje os mercados são para esquecer. É certo que vão cair porque o choque é profundo. Os mercados reagem aos eventos numa altura que ninguém contava com este resultado, mas as sondagens eram claras. Na minha opinião, hoje os mercados vão cair profundamente enquanto nos recompomos. Só nos próximos dias é que vamos conseguir pensar racionalmente”.

Os mercados asiáticos seguiram a tendência: os índices de referência da bolsa de Tóquio perderam mais de 5%, na abertura da sessão de hoje, perante a subida de Donald Trump à presidência.

No mercado cambial, o peso mexicano caiu para mínimos históricos – a desvalorização chegou aos 12%.

O mercado petrolífero está a reagir de forma negativa à vitória de Donald Trump – também caiu o preço do barril de petróleo – o Brent afundou quase 2%.

Numa altura de instabilidade os investidores seguem a tendência de procurar ativos mais seguros – o ouro está a subir para valores máximos, desde setembro.

Republicans reactions

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

mercados

Bolsas europeias em alta com perspetiva de vitória de Clinton