This content is not available in your region

Japão apresenta campanha para seduzir turistas europeus

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Japão apresenta campanha para seduzir turistas europeus

<p>O <b>Japão</b> apresentou esta semana, em Londres, <a href="http://www.seejapan.co.uk/jnto_consumer/media/press-releases/press-release-detail/16-11-07/launch-of-japan-s-largest-promotion-for-inbound-tourism-from-europe">a maior campanha de sempre destinada a atrair turistas na Europa</a>. <b>Portugal</b>, curiosamente, não faz parte dos 15 países no centro desta campanha apresentada na véspera da <a href="http://media.unwto.org/press-release/2016-11-09/economic-and-national-security-common-objective-unwtowtm-ministerial">cimeira de ministros de turismo</a> realizada quarta-feira na capital britânica.</p> <div align="center">[ <a href="http://visitjapan-europe.jnto.go.jp/es/">Visite aqui a página de internet oficial dedicada aos turistas espanhóis</a> ]</div></p> <p>Ambicioso, o presidente da organização japonesa de turismo espera que, em 2020, “durante a realização dos Jogos Olímpicos de Tóquio, o país receba 40 milhões de visitantes e que 80 milhões de dólares entrem na economia nipónica”. “São números desafiantes aqueles para os quais estamos a trabalhar”, afirmou Ryoichi Matsuyama.</p> <p>Apesar de muitos ainda olharem para o Japão como um destino caro, os agentes de viagem estão a tentar fazer do país um destino mais acessível. Alex Seigel é promotor turístico na agência britânica Dragon Trip e, à <b>euronews</b>, destacou os guias associados aos programas de baixo custo que propõe: “Eles orientam os turistas para restaurantes baratos mas que sãon também muito autênticos. Damos-lhe a oportunidade de participar em atividades sem pôr em risco as contas bancárias e nas quais ainda conseguimos oferecer um bom contacto com a cultura japonesa.”</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt" align="center"><p lang="en" dir="ltr">Experience the vigorous, grand people and nature of Nangoku, Kochi! | via <span class="caps">ANA</span> <span class="caps">EXPERIENCE</span> <span class="caps">JAPAN</span> <a href="https://t.co/vjga83nBmI">https://t.co/vjga83nBmI</a> <a href="https://t.co/s57wwx3pjT">pic.twitter.com/s57wwx3pjT</a></p>— Visit Japan (@Visit_Japan) <a href="https://twitter.com/Visit_Japan/status/796760862577016832">10 de novembro de 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>O Japão baseia esta nova campanha turística na coexistência da tradição e da inovação e espera que os europeus se deixem seduzir pelas ofertas do país do sol nascente. “Até agora, o número de visitantes europeus no Japão não é muito grande quando comparado aos da China ou do sudeste asiático, mas está a crescer de forma estável. No ano passado tivémos mais de 100 mil passageiros”, revelou-nos o vicepresidente da companhia aérea nipónica, Akira Nakamura. </p> <div align="center">[ <a href="http://travelbi.turismodeportugal.pt/pt-PT/mercados/Paginas/jpn.aspx">Consulte aqui a página oficial dedicada ao Japão pelo Turismo de Portugal</a> ]<div></p> <p>Quando desafiados a recorrer a apenas três palavras para convencer os turistas europeus a viajarem para o Japão, os agentes de turismo não hesitam: comida, povo, cultura.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="en" align="center"><p lang="en" dir="ltr">Unique foods you should try when you visit Japan! => <a href="https://t.co/NuwuzIzFFi">https://t.co/NuwuzIzFFi</a> <a href="https://t.co/BKzjFeeS3s">pic.twitter.com/BKzjFeeS3s</a></p>— Visit Japan (@Visit_Japan) <a href="https://twitter.com/Visit_Japan/status/796777060102508544">November 10, 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>Para o enviado especial da <b>euronews</b> a Londres, o alemão Sebastian Saam, “o Japão não quer continuar a ser visto apenas como um país de tecnologia, mas sim também como um destino turístico para todas as carteiras”. “Parece estar a funcionar, dizem os últimos números. Com vários eventos internacionais já agendados (n.r.: Mundial de Râguebi em 2019 e Jogos Olímpicos em 2020), o Japão pode vir a assumir também nos próximos anos um papel importante no turismo”, antecipa o nosso repórter.</p>