This content is not available in your region

Gozado por querer cobrar rendas à Santa Sé por edifícios que pertencem ao Vaticano, Beppe Grillo volta atrás

Access to the comments Comentários
De  Nelson Pereira
Gozado por querer cobrar rendas à Santa Sé por edifícios que pertencem ao Vaticano, Beppe Grillo volta atrás

<p>Depois de uma gafe enorme em declarações à euronews sobre a ideia de cobrar uma renda à Igreja católica pelos Museus do Vaticano, o fundador do Movimento político italiano Cinco Estrelas, Beppe Grillo, deu o dito por não dito, para fugir à chacota geral.</p> <p>Na recente <a href="http://it.euronews.com/2016/11/11/beppe-grillo-a-euronews-contro-bruxelles-io-sto-con-renzi">entrevista à euronews</a>, Grillo defende que a Santa Sé deveria pagar ao município de Roma os alugures dos edifícios dos Museus do Vaticano: “Os Museus do Vaticano pertendem ao município, que não recebe nada, e temos de conversar com o Papa Bergoglio, que nem deve saber”. Tiro no pé. </p> <p>As críticas choveram da esquerda como da direita e a ignorância de Grillo sobre assunto tão sério foi apontada como desadequanda às suas ambições políticas. </p> <p>Assim que lhe lembraram que os edifícios são propriedade da Santa Sé e que estão em território do Estado do Vaticano, Grillo reinterpretou o que tinha dito, desta vez no Facebook.</p> <p>Afinal já não pede a Bergoglio que pague alugueres à Câmara de Roma, diz que a intenção era pedir à Igreja católica o pagamento de de imposto municipal por atividades comerciais. Explica que a cidade tem uma dívida de milhões de euros e que precisa do dinheiro de todos.</p>