This content is not available in your region

Terramoto na Nova Zelândia: testemunho telefónico

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Terramoto na Nova Zelândia: testemunho telefónico

<p>Um terramoto atingiu a Nova Zelândia por volta da meia noite (hora local, 11.02 <span class="caps">GMT</span> de domingo) com uma magnitude de 7.8, segundo o <a href="http://earthquake.usgs.gov/earthquakes/eventpage/us1000778i#executive">Observatório Geológico dos Estados Unidos</a>.</p> <p>Seamus Kearney, jornalista da euronews em Auckland, dá-nos mais detalhes: </p> <p>“O número importante aqui é a profundidade do sismo, porque é o que indica a severidade dos danos ou das baixas que podem estar em causa.</p> <p>Os especialistas aqui estão a dizer que a superficialidade do sismo foi de cerca de 15 quilómetros. Por isso, ainda estamos a estabelecer a escala de estragos, estamos ainda a meio da noite.</p> <p>A área que é realmente de epicentro do tremor é a cerca de 20 km para este de uma cidade chamada Hanmer Springs, que não é uma zona de muita construção, na verdade, é uma zona remota, rural.</p> <p>Os relatos iniciais diziam que a distribuição eléctrica estava cortada, o sistema telefónico falhou, chegou a falar-se de o número de emergência, o 111, estar fora de serviço.</p> <p>Por isso é muito difícil para as autoridades fazer um levantamento, um levantamento rápido das baixas, dos danos.</p> <p>Hoje à noite já há imagens na net que mostram alguns estragos em algumas das áreas perto do epicentro, não mesmo em Cheviot, que é uma das cidades atingidas, mas estamos a receber relatos de que há danos graves. Contudo acho que teremos de esperar até haver luz do dia aqui na Nova Zelândia para ter realmente uma imagem clara e global daquilo que de facto aconteceu.”</p>