Última hora

Em leitura:

Migrantes rumo à UE: Confrontos junto à Croácia e mais 1500 pessoas na Sicília


mundo

Migrantes rumo à UE: Confrontos junto à Croácia e mais 1500 pessoas na Sicília

Um grupo com pouco mais de 100 migrantes, em trânsito pela Sérvia, entrou em confronto esta segunda-feira com as autoridades fronteiriças ao tentar forçar a entrada na Croácia.

Os migrantes terão caminhado mais de uma centena de quilómetros desde Belgrado, na esperança de poderem cruzar a fronteira e seguir viagem rumo ao centro norte da União europeia. O grupo ainda conseguiu furar o cordão de segurança sérvio, mas foi intercetado por agentes de ambos os países antes de conseguir entrar na Croácia e teve de recuar após algumas escaramuças.

Oriundos na maioria do Afeganistão e do Paquistão, estes migrantes exigiam cruzar a fronteira, mas esbarraram na intransigência croata e tiveram de voltar para centros de abrigo na Sérvia, país onde estarão registados quase 6500 migrantes, de acordo com a agência para os Refugiados das Nações Unidas.

Resgates no Mediterrâneo continuam aos milhares

À Sicília, no sul de Itália, chegaram esta segunda-feira cerca de 1400 migrantes resgatados no Mediterrâneo durante o fim de semana. Entre os vários barcos envolvidos nas operações de busca e salvamento destes últimos dias, estava o “Dignity 1”, ao serviço dos Médicos Sem Fronteiras e que desembarcou pela manhã em Pozzallo.

A bordo do “Dignity 1” estariam mais de 300 migrantes e refugiados. Cerca de 55 deles, alertam os Médicos Sem Fronteiras, eram crianças desacompanhadas. “Imagine o seu filho de 16 anos a cruzar sozinho o deserto e depois o mar”, lança a organização através do Twitter para criar mais identificação dos seguidores com estes adolescentes em fuga.

De acordo com a agência das ONU para os Refugiados, só este ano já terão chegado à Europa através do mar quase 340 mil migrantes e refugiados. Mais de 4200, a agência presume que tenham perdido a vida no Mediterrâneo.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Bulgária e Moldávia elegem presidentes pró-russos