Última hora

Em leitura:

NATO vai poder contar com apoio de Trump, diz Stoltenberg


A redação de Bruxelas

NATO vai poder contar com apoio de Trump, diz Stoltenberg

“Todos os compromissos dos Estados Unidos para com a Aliança Atlântica vão ser respeitados pelo Presidente eleito norte-americano, Donald Trump”, segundo o secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg.

Antes de uma reunião dos ministros da Defesa da União Europeia, em Bruxelas, esta terça-feira, Stoltenberg mostrou-se convicto de que “uma NATO forte é importante para a Europa, mas também é importante para os Estados Unidos”.

“Trump também destacou a importância do aumento dos gastos com defesa e os europeus estão a intensificar os seus investimentos. Concordo totalmente com essa posição dele, que tem sido a de muitos líderes norte-americanos ao longo dos anos. O mais positivo é que agora vemos os europeus a investirem, de facto, mais na defesa”, acrescentou.

Durante a campanha, Donald Trump disse que os países europeus teriam de contribuir mais para as despesas ou corriam o risco de ver o o governo de Washington menos disponível para os ajudar em caso de necessidade.

O secretário-geral da NATO também comentou a possível aproximação de Trump à Rússia, que considerou “normal”, mas reiterou que a anexação da região ucraniana da Crimeia por aquele país, em 2014, nunca seria aceite pela NATO.

As operações da NATO no Afeganistão durante a última década são um exemplo do papel que a organização pode continuar a desempenhar. O problema é que apenas cinco dos 28 países cumprem a meta de 2% do PIB em despesas com defesa, o que não é o caso de Portugal.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

A redação de Bruxelas

Sistema de saúde na Europa exclui muitas pessoas vulneráveis