This content is not available in your region

Dólar trava valorização do petróleo

Access to the comments Comentários
De  Euronews  com reuters, bloomberg
Dólar trava valorização do petróleo

<p>A escalada do dólar está a travar a valorização do barril de petróleo depois de <a href="http://www.bloomberg.com/news/articles/2016-11-17/oil-extends-losses-as-dollar-rally-offsets-saudi-deal-optimism">notícias que apontam para a conclusão de um acordo para um corte de produção na <span class="caps">OPEP</span></a>.</p> <p>A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (<span class="caps">OPEP</span>) tem uma reunião formal, agendada para o final desde mês, na qual pode haver um acordo para reduzir a produção.</p> <p><a href="http://www.reuters.com/article/us-opec-talks-iran-idUSKBN13D140?utm_campaign=trueAnthem:+Trending+Content&utm_content=582efc8104d301232ca3eb02&utm_medium=trueAnthem&utm_source=twitter">Os membros da <span class="caps">OPEP</span> estão dispostos a oferecer ao Irão uma significativa flexibilidade nos volumes de produção</a>, segundo fontes conhecedoras das negociações. A Rússia, que não faz parte do cartel, também está mais confiante na conclusão de um acordo com a <span class="caps">OPEP</span> para impulsionar os preços do ouro negro, adiantou o ministro da energia, Alexander Novak.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-cards="hidden" data-lang="en"><p lang="en" dir="ltr"><span class="caps">OPEC</span> moves closer to oil output deal as Iran gets new offer <a href="https://t.co/G3fBWvRWOR">https://t.co/G3fBWvRWOR</a> <a href="https://t.co/tkFV48wNdN">pic.twitter.com/tkFV48wNdN</a></p>— Reuters Top News (@Reuters) <a href="https://twitter.com/Reuters/status/799599313269702657">November 18, 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>Durante a tarde, o barril de Brent e o <span class="caps">WTI</span> estavam voláteis, próximo da estabilidade, com os analistas a apontarem para possíveis ganhos no encerramento e para a primeira valorização semanal nas últimas cinco semanas.</p>