Última hora

Em leitura:

Inocente, clama o suspeito pela bomba que feriu 31 pessoas em Nova Iorque


EUA

Inocente, clama o suspeito pela bomba que feriu 31 pessoas em Nova Iorque

Ahmad Khan Rahimi, de 28 anos, o principal suspeito pelo atentado a 17 de setembro, em Manhattan, Nova Iorque, nos Estados Unidos, declarou-se esta quinta-feira inocente face à explosão que provocou 31 feridos.

O norte-americano de origem afegã é ainda acusado de um outro atentado não concretizado através de uma bomba encontrada por deflagrar e de mais seis outros procedimentos.

O suspeito é acusado de uso e de tentativas de uso de arma de destruição massiva. Rahimi incorre numa condenação a prisão perpétua, mas perante o juiz, através do advogado, declarou-se inocente.

Um procurador ligado ao caso disse ao juiz que entre as provas de acusação estão dois relatórios do FBI com declarações de Ahmad Khan Rahimi a agentes da autoridade proferidas nos dias a seguir à detenção.

O suspeito foi capturado dois dias após a explosão de Manhattan depois de ter sido ferido numa troca de tiros com a polícia em Nova Jérsia.

Desconhece-se o tipo de informações prestadas pelo suspeito, mas o New York Times noticiou na semana passada que, durante o internamento no hospital após ter sido ferido, o FBI fez uso de uma exceção na lei em casos de perigo para segurança pública para interrogar Rahimi sem necessidade da presença de um advogado.

O mesmo procurador também informou a defesa de que iria apresentar imagens de vídeo das movimentações do suspeito no dia da explosão, incluindo uma em que Rahimi surge a transportar e a colocar as bombas.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Guerra dos Balcãs: Croácia assinala o Dia da Memória de Vukovar