Última hora

Última hora

Judocas russos brilham na China

Foram atribuídas cinco medalhas de ouro nesta sexta-feira.

Em leitura:

Judocas russos brilham na China

Tamanho do texto Aa Aa

Os judocas russos deram cartas neste primeiro dia do Grande Prémio de Qingdao, na China.

Foram atribuídas cinco medalhas de ouro nesta sexta-feira. Na categoria de menos de 57 quilos, em femininos, a russa Anastasiia Konkina derrotou uma judoca da casa, Lin Yuanyuan, ao fazer dois waza-aris, sempre com a mesma técnica, o ushi-mata. Esta foi a primeira aparição de Lin numa final.

Em masculinos, nos menos de 60 quilos, a vitória foi para Dashdavaa Amartuvshin, da Mongólia, que conseguiu aqui a quinta medalha de ouro num grande prémio, ao derrotar Islam Yashuev, da Rússia. Depois de um waza-ari, o mongol conseguiu a vitória ao manter o russo imobilizado durante 15 segundos.

Também em masculinos, na categoria de menos de 66 quilos, não havia dúvidas de que o vencedor seria um russo. A final opôs Abdula Abdulzhalilov a Anzaur Ardanov e foi o primeiro a impor-se: Mais uma vez, a vitória foi decidida graças a uma imobilização.

Além de ter conseguido a medalha de ouro, Abdula Abdulzhalilov é também o protagonista do nosso ippon do dia. O momento deste primeiro dia de provas na China foi conseguido na meia-final em que o russo defrontou o mongol Altansukh Dovdon. A execução perfeita do ushi-mata permitiu ao russo um ippon sem margem para dúvidas.