Última hora

Em leitura:

Polónia exuma ex-presidente para desafiar inquérito a acidente de Smolensk


Polónia

Polónia exuma ex-presidente para desafiar inquérito a acidente de Smolensk

A investigação do governo polaco à morte do antigo presidente Lech Kaczynski parece confirmar a tese oficial de um acidente aéreo.

Os corpos do ex-chefe de estado e da mulher foram sepultados em Cracóvia, esta sexta-feira, uma semana após terem sido submetidos a uma nova autópsia.

Os primeiros resultados do exame comprovam a morte por colisão aérea, segundo a radio polaca RMF.

Vários dirigentes do partido conservador no poder acusam a Rússia e o antigo executivo polaco de terem dissimulado um atentado terrorista.

O avião do presidente tinha-se despenhado em abril de 2010, com dezenas de altos dignitários polacos a bordo, durante a aterragem no aeroporto russo de Smolensk.

As conclusões do inquérito independente russo e polaco tinham apontado vários erros humanos e o mau tempo como as causas do acidente.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Síria: Hospital pediátrico bombardeado na zona rebelde de Alepo