Última hora

Em leitura:

Primeiro-ministro do Japão faz história com Donald Trump


EUA

Primeiro-ministro do Japão faz história com Donald Trump

ALL VIEWS

Clique para descobrir

O primeiro-ministro do Japão tornou-se esta quinta-feira no primeiro governante internacional a apertar a mão a Donald Trump desde que o empresário se tornou, a 8 de novembro, Presidente-eleito dos Estados Unidos da América.

Durante hora e meia, Shinzo Abe esteve reunido com o sucessor de Barack Obama na Trump Tower, em Nova Iorque, onde o Presidente-eleito está sediado. A filha do empresário, Ivanka Trump, também esteve presente.

No final da reunião, o chefe do Governo nipónico não abriu o jogo, evitando comentar as posições anti-Japão defendidas por Trump ao longo da campanha nem sequer se teriam sido abordadas as alegadas exigências de Tóquio começar a pagar melhor a proteção militar norte-americana ou o futuro da parceria transpacífica acordada por Obama e criticada pelo então candidato presidencial.

Shinzo Abe recusou “entrar em detalhes sobre a reunião”. “No entanto, acredito que sem confiança a aliança entre os nossos países nunca irá funcionar. Após este encontro, estou convencido de que o senhor Trump é um líder em quem podemos confiar”, garantiu o primeiro-ministro do Japão antes de rumar ao Peru para participar na cimeira da Cooperação Económica Ásia-Pacífico (APEC).

Renegado de Obama regressa com Trump

Outra das notícias à volta de Donald Trump prende-se com a formação da equipa com quem o Presidente-eleito vai trabalhar na Casa Branca. O nome mais recente a juntar-se à lista de convidados é o do Tenente Michael Flynn, de 57 anos.

O antigo diretor da Agência de Inteligência da Defesa (DIA, na sigla original) foi afastado há dois anos pela administração Obama devido às posições extremistas assumidas na guerra contra o terrorismo islâmico.

Apoiante de Trump durante a campanha presidencial, apesar de ser um democrata registado, Michael Flynn vai voltar ao ativo agora como conselheiro do Presidente para a Defesa Nacional.

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Promete ser uma sexta-feira difícil após lançamento do vinho Beaujolais novo