Última hora

Em leitura:

Clima: Cimeira define regras de funcionamento do acordo de París


Marrocos

Clima: Cimeira define regras de funcionamento do acordo de París

Um roteiro para colocar em marcha o ambicioso acordo climático de Paris destinado a combater o aquecimento global.

Na cimeira do clima em Marraquexe, Marrocos, quase 200 nações concordaram em definir as regras que vão ser o motor do acordo assinado no ano passado e que deverá estar em funcionamento em 2020.

As regras deverão estar concluídas em 2018, dois anos antes do acordo de Paris estar em vigor.

O texto final da conferência também sublinhou a necessidade de financiar os países em desenvolvimento com 100 mil milhões de dólares por ano até ao final do decénio.

No entanto, há que veja o tudo com algum ceticismo, especialmente as organizações não governamentais.

“Estou um pouco inquieto sobre a falta de financiamento para a adaptação dos países pobres. Foi uma cimeira que teve lugar em África e de uma forma geral foi reconhecido que há que dar mais fundos para a adaptação mas não eles não foram verdadeiramente concretos. Depois temos que ver um maior esforço nos próximos anos na conclusão das regras que vão reger e colocar em marcha o acordo de Paris”, diz Lutz Weischer da Germanwatch.

O enviado especial da Euronews, Grégoiry Lory explica que “todos os participantes na cimeira do clima veem a proclamação de Marraquexe como um sinal positivo. Mostra também que a eleição de Donald Trump não afetou as ambições da comunidade internacional, mesmo se o texto final apenas repete as promessas já feitas para combater as alterações climáticas”.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

EUA

Donald Trump paga 25 milhões em acordo extra-judicial por violar leis do ensino