Última hora

Em leitura:

Vírus Zika já não é emergência mundial


Suíça

Vírus Zika já não é emergência mundial

O vírus Zika deixou de ser uma emergência.

O anúncio foi proferido pela OMS (Organização Mundial de Saúde) depois da declaração de emergência ter sido lançada há nove meses.

O vírus Zika, transmitido pelo mosquito Aedes Aegipty, está associado a graves anomalias cerebrais em recém-nascidos.

Apesar do grau de alerta ter sido reduzido, a OMS pretende agora uma nova abordagem para lidar com a doença.

“Estamos a lidar com problemas de longo prazo. Estamos a gerir complicações neurológicas em crianças e adultos, estamos a lidar com assuntos de planeamento familiar, estamos a enfrentar perturbações nos sistemas de saúde e problemas ligados à saúde reprodutiva. Estamos a lidar com uma investigação específica e a elaborar uma agenda que tem que ser multianual”, declarou Peter Salama, diretor executivo do programa de emergências da OMS.

Cerca de 30 países relataram casos de bebés nascidos com malformações relacionadas com o vírus Zika.

Só no Brasil, foram registadas mais de 2.100 malformações do sistema nervoso.

O Zika é disseminado principalmente por picada de mosquito, mas o contágio também pode ocorrer através de relações sexuais.

Mapa das infeções entre 2013 e 2016