Última hora

Em leitura:

Romney surge como candidato "sério" para chefiar diplomacia dos EUA


EUA

Romney surge como candidato "sério" para chefiar diplomacia dos EUA

Do conforto do seu clube de golfe em Nova Jérsia, Donald Trump multiplica os encontros à procura das figuras chave que irão integrar a próxima administração norte-americana.

O magnata recebeu, entre outros, o governador do Estado, Chris Christie. Conselheiro de Trump durante a campanha para as presidenciais, Christie foi depois afastado da liderança da equipa de transição, mas o encontro deste domingo deixa antever uma nova “abertura de portas”.

Quem parece ter lugar garantido na administração Trump é o ex-presidente da Câmara de Nova Iorque, Rudolph Giuliani. Grande aliado do milionário na corrida à Casa Branca, continua a ser um dos nomes repetidos para o posto de Secretário de Estado, mas também representa uma possibilidade para “outros” cargos, segundo o próprio Trump.

Para a chefia da diplomacia norte-americana, surgiu também este domingo, curiosamente, o nome de um dos principais críticos do magnata durante a campanha: Mitt Romney. Recebido no sábado por Trump, o ex-rival republicano é agora um candidato “sério”, segundo o vice-presidente eleito, Mike Pence.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Primárias da direita francesa afastam Sarkozy e surpreendem com vitória de Fillon