Última hora

Última hora

Centro-direita insiste em escolher substituto de Schulz no Parlamento

Há 22 anos no Parlamento Europeu, quatro dos quais como Presidente, Martin Schulz anunciou que deixa Bruxelas para se dedicar à política do seu país, a Alemanha. O centro-direita no Parlamento quer ap

Em leitura:

Centro-direita insiste em escolher substituto de Schulz no Parlamento

Tamanho do texto Aa Aa

Há 22 anos no Parlamento Europeu, quatro dos quais como Presidente, Martin Schulz anunciou que deixa Bruxelas para se dedicar à política do seu país, a Alemanha.

Schulz também deixa saudades no homólogo da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker: “Tenho trabalhado com ele nos últimos dois anos de forma positiva e próxima. Isso contribuiu para que as relações entre o Parlamento Europeu e a Comissão Europeia sejam agora mais harmoniosas do que eram no passado.”

Os socialistas desejam nomear outro eurodeputado para o cargo, a fim de evitar que as três instituições fiquem nas mãos do centro-direita (tanto Juncker como o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, são do Partido Pouular Europeu), mas um acordo de 2014 prevê a rotação.

O analista político Charles de Marcilly disse à euronews que “o Parlamento Europeu considera que cabe ao centro-direita assumir essa função”.

“Também poderia ser um candidato dos liberais, nomeadamente Guy Verhofstadt. Mas o Partido Popular Europeu fará eleições internas a 12 de dezembro e já há vários candidatos: a irlandesa Mairead McGuiness e o francês Alain Lamassoure. Haverá um verdadeiro debate internos sobre diferentes visões: se será uma mulher ou um homem, se será uma pessoa claramente de direita ou alguém com uma visão mais abrangente?”, explicou.

Schulz deverá terminar funções a 16 de janeiro, quando decorre a votação no Parlamento Europeu para escolher o novo presidente para os próximos dois anos.

Quando anunciou, hoje, o abandono da política europeia, Schulz disse que se ia candidatar às legislativas de 2017 como cabeça de lista pelo estado alemão da Renânia do Norte- Vestfália.