This content is not available in your region

Rússia detém oficial da marinha acusado de espiar para a Ucrânia

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Rússia detém oficial da marinha acusado de espiar para a Ucrânia

<p>Tensão elevada entre a Rússia e a Ucrânia, detenções em ambos os lados.</p> <p>O Serviço Federal de Segurança russo, <span class="caps">FSB</span>, antigo <span class="caps">KGB</span>, anunciou a detenção de um oficial retirado da Armada Russa do Mar Negro, acusado de espiar para a Ucrânia.</p> <p>O <span class="caps">FSB</span> divulgou as imagens em que Leonid Parkhomenko, capitão de Fragata, é detido no dia 22 em Sebastopol, na Crimeia, península anexada por Moscovo em 2014.</p> <p>A interpelação aconteceu dois dias depois de a Ucrânia ter detido dois militares do exército russo na fronteira entre os países.</p> <p>Maxim Odintsov e Alexandr Baránov, são acusados de traição, por terem abandonado as fileiras ucranianas para integrar as forças russas. </p> <p>Os dois terão sido atraídos para receberem diplomas académicos, momento em que os agentes dos serviços secretos ucranianos os detiveram.</p> <p>De acordo com Kiev, os dois militares queriam pagar para ter os diplomas para que pudessem ser considerados oficiais nas forças armadas russas.</p>