Última hora

Em leitura:

Worley e Shiffrin brilham na estreia de Killington


gravity

Worley e Shiffrin brilham na estreia de Killington

Tessa Worley e Mikaela Shiffrin foram os grandes destaques na primeira etapa da Taça do Mundo de esqui alpino a ter lugar em Killington, no nordeste dos Estados Unidos.

No sábado, a esquiadora francesa regressou aos triunfos e subiu ao pódio exatamente 1077 dias da última vitória.

É verdade que pelo meio, sofreu uma grave lesão no joelho direito, que a obrigou mesmo a falhar os Jogos Olímpicos de Inverno, em 2014, mas não é menos verdade que desde o regresso, nunca se tinha aproximado sequer do nível que a tinha levado a sagrar-se campeã do mundo no slalom gigante em 2013.

Este sábado, Tessa Worley mostrou que está no bom caminho para regressar à sua melhor forma, terminou com uma vantagem de oito décimos de segundo sobre Nina Løseth.

A norueguesa fez bem melhor que na prova de abertura da temporada, em Sölden, onde não tinha ido além do 28º lugar, também no slalom gigante.

Na terceira posição terminou Sofia Goggia. Um fim de semana memorável para a italiana, que liderou durante grande parte da prova e aos 24 anos de idade subiu ao pódio pela primeira vez na Taça do Mundo.

No slalom de domingo a grande favorita era Mikaela Shiffrin. A norte-americana confirmou o favoritismo e reforçou o estatuto de rainha do slalom. Aos 21 anos de idade soma já 22 vitórias na Taça do Mundo e só uma lesão a impediu de vencer o ano passado o seu quarto globo de cristal na disciplina.

A esquiar em casa, não desiludiu os milhares de adeptos e completou o slalom em 1’27“95”, reforçando assim a sua liderança na Taça do Mundo.

Na segunda posição terminou a eslovaca Veronika Velez-Zuzulová. A experiente esquiadora, de 32 anos de idade, terminou a 73 centésimos de Shiffrin.

O pódio ficou completo com Wendy Holdener. A suíça de 23 anos de idade, vencedora do combinado na última Taça do Mundo, ainda persegue a sua primeira vitória no slalom.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte

gravity

Gravity: Eva-Maria Brem e André Myhrer brilham no fecho da temporada de esqui