Última hora

Em leitura:

Senado colombiano ratifica acordo de paz


Colômbia

Senado colombiano ratifica acordo de paz

Com EFE

O acordo de paz na Colômbia, entre o governo e a guerrilha das FARC, foi ratificado no Senado. Fica só a faltar a aprovação na Câmara dos Repesentantes para que o acordo seja definitivo.

A oposição, liderada pelo ex-presidente Álvaro Uribe, absteve-se, já que considera que o referendo é a única forma de aprovar este acordo.

O acordo de paz, assinado no dia 24 no teatro Colón, em Bogotá, tem algumas alterações em relação ao assinado em setembro, em Cartagena das Índias, e que foi depois rejeitado em referendo.

Depois de novas negociações, o acordo foi assinado pelo presidente Juan Manuel Santos e o pelo líder da guerrilha Rodrigo Londoño “Timoshenko”.

Prevê a amnistia e o desarmamento dos guerrilheiros das FARC, que vão poder constituir um partido político. A guerra civil na Colômbia foi uma das mais longas de sempre. Durou 50 anos.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Brasil: Dor e onda de solidariedade depois da tragédia do Chapoecoense