Última hora

Em leitura:

Áustria: Sindicato pergunta se muçulmanos devem ter direito ao subsídio de Natal


economia

Áustria: Sindicato pergunta se muçulmanos devem ter direito ao subsídio de Natal

Um sindicato austríaco, conotado com a extrema-direita, causou polémica no país ao promover uma sondagem sobre se os trabalhadores muçulmanos deveriam ter ou não direito a subsídio de Natal, uma vez “que negam as festividades e as tradições cristãs”.

A sondagem, publicada na página do Facebook do “Trabalhadores Livres da Alta Áustria” e foi, posteriormente, apagada.

O sindicato defendeu-se, afirmando que não pretendia defender a descriminação mas discutir, apenas, os aumentos dos subsídios de Natal.

Na semana passada, o Governo votou um aumento de 100€ do subsídio de Natal dos pensionistas. Uma operação que vai custar, aos cofres de Viena, mais de 179 milhões de euros.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

economia

Itália: Economia cresce 0,3% no terceiro trimestre