Última hora

Em leitura:

Federação Internacional de Atletismo mantém suspensão a atletas russos


Desporto

Federação Internacional de Atletismo mantém suspensão a atletas russos

A Rússia vai continuar suspensa de todas as competições internacionais de atletismo. A decisão foi anunciada pela Federação Internacional de Atletismo esta quinta-feira no Mónaco.

Recorde-se que os atletas russos estão suspensos desde novembro de 2015, depois de ter sido revelado um vasto sistema de doping promovido a nível estatal.
Estas sanções foram confirmadas em março e junho deste ano e a Rússia esteve mesmo ausente dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

O grupo de trabalho que está a acompanhar este caso garante que a federação russa de atletismo (RUSAF) “fez esforços desde junho”, mas tem ainda de provar que os controlos antidopagem são feitos “de forma autónoma” e “sem interferência externa”.

Entretanto, até o presidente Vladimir Putin quis mostrar que está empenhado em resolver este problema. No discurso anual sobre o Estado da Nação, Putin garantiu que “o chamado escândalo de doping vai permitir criar na Rússia o sistema mais avançado do mundo para travar a batalha contra esse mal. O programa nacional antidoping estará pronto para arrancar no início de 2017”.

Recorde-se que já a 22 de novembro, o presidente russo promulgou uma lei que sanciona com penas de prisão os treinadores e médicos que tenham levado atletas a dopar-se.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

Desporto

Novo selecionador inglês: "Não há trabalhos impossíveis"