Última hora

Em leitura:

Cortejo com cinzas de Fidel Castro chega a Camagüey


Cuba

Cortejo com cinzas de Fidel Castro chega a Camagüey

Embalado por manifestações infindáveis de pesar, o cortejo fúnebre onde viajam as cinzas de Fidel Castro chegou à cidade de Camagüey, a cerca de 600 quilómetros de Havana.

Trata-se da segunda paragem do périplo rumo ao destino final, a cidade de Santiago, berço da Revolução de 1959.

Milhares de pessoas juntaram-se nas bermas das estradas para prestar uma última homenagem.

“A nossa geração nasceu a venerar o comandante. Fidel Castro foi o nosso ídolo. O líder de toda a vida. Somos quem somos graças a ele. Devemos-lhe praticamente toda a vida. Todos os cubanos têm um pouco do comandante. Todos os Cubanos são Fidel”, diz Daysi López, uma apoiante de Castro.

Dariagna del Risco, uma estudante de 18 anos, acrescenta: “Ele está connosco. Acompanhou-nos e apoiou-nos nos momentos mais difíceis. Penso que não vamos voltar a ter uma pessoa como ele.”

O cortejo, de mais de quatro mil quilómetros, termina este sábado. A cidade de Santiago, onde se iniciaram os combates contra a ditadura de Fulgêncio Batista, nas montanhas da Sierra Mestra, é o destino final.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

ONU: Ban Ki-moon pede desculpas ao povo do Haiti