This content is not available in your region

Chapecó prepara-se para homenagear vítimas de tragédia na Colômbia

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Chapecó prepara-se para homenagear vítimas de tragédia na Colômbia

<p>Cidade pequena, mas de futebol grande, como é conhecida, Chapecó, no estado brasileiro de Santa Catarina, recebeu este sábado os restos mortais de vítimas do acidente aéreo na Colômbia.</p> <p>O estádio Arena Condá, da equipa de futebol Chapecoense, que perdeu grande parte dos jogadores na tragédia, será palco de uma homenagem aos verdes e brancos mas não só.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="en"><p lang="pt" dir="ltr">Programação do sábado, dia 3/12<br /> Confira mais: <a href="https://t.co/r6sKSIaj94">https://t.co/r6sKSIaj94</a> <a href="https://t.co/5Likp5ghO9">pic.twitter.com/5Likp5ghO9</a></p>— Chapecoense (@ChapecoenseReal) <a href="https://twitter.com/ChapecoenseReal/status/804838217258242048">December 3, 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>No terreno, psicólogos prestam apoio aos familiares e amigos das vítimas.</p> <p>“O momento da despedida é um momento em que a pessoa se envolve na perda. Não há maneira de fugir porque se está a ver a pessoa que se perdeu. É preciso tempo. É como sarar uma ferida, não acontece de um dia para o outro”, explica Karin Bruxel, psicóloga.</p> <p>À Bolívia já chegaram também os corpos dos passageiros oriundos do país que perderam a vida.</p> <p>O avião da companhia aérea Lamia despenhou-se na madrugada de terça-feira na Colômbia com 77 pessoas a bordo: morreram 71 e seis ficaram feridas. Apenas três jogadores, de um total de 22, sobreviveram.</p>