Comissão Europeia multa em €485 milhões três dos maiores bancos da Europa

Access to the comments Comentários
De  Francisco Marques  com Lusa
Comissão Europeia multa em €485 milhões três dos maiores bancos da Europa

<p>A Comissão Europeia multou esta quarta-feira os bancos <span class="caps">HSBC</span>, <span class="caps">JPM</span>organ Chase e Crédit Agricole em 485 milhões de euros por cartelização nas taxas de juros interbancárias para produtos derivados.</p> <p>Bruxelas concluiu que os três bancos visados combinaram os preços de produtos derivados de taxas de juros em euros e trocaram informações sensíveis entre eles, violando as regras da concorrência da União Europeia (UE).</p> <p>Outros quatro bancos na investigação – Barclays, Deustche Bank, <span class="caps">RBS</span> e Société Générale — também foram visados na investigação mas chegaram a um acordo com Bruxelas em dezembro de 2013.</p> <p>“A decisão tomada envia uma mensagem clara: ‘os bancos, assim como todas as empresas, têm de respeitar as regras de concorrência da União Europeia’”, avisou a comissária europeia da concorrência, a dinamarquesa Margrethe Vestager.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt"><p lang="en" dir="ltr">Fine of €485 million to 3 banks – Credit Agricole, <span class="caps">HSBC</span>, <span class="caps">JPM</span>organ Chase – for participating in cartel of euro interest rate derivatives.</p>— Margrethe Vestager (@vestager) <a href="https://twitter.com/vestager/status/806439428491251712">7 de dezembro de 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script></p> <p>Os derivados de juros são produtos financeiros — acordos de taxas futuras, ‘swaps’ sobre taxas de juros ou opções de taxas de juros — que as empresas utilizam para gerir o risco de flutuação de taxas de juros ou para fins especulativos.</p> <p>O seu valor depende do nível de uma taxa de juro de referência, como a britânica Libor, a taxa interbancária oferecida em euros (Euro Interbank Offered Rate, ou Euribor) e/ou a <span class="caps">EONIA</span> (Euro Over-Night Index Average) em termos de derivativos de juros denominados em euros. </p> <p>A investigação da Comissão Europeia demonstrou ter existido um acordo, entre setembro de 2005 e maio de 2008, no qual participaram um total de sete bancos.</p> <b>Texto: Lusa</b> (IG)<br /> Edição: Francisco Marques.