Última hora

Em leitura:

EUA: Os 75 anos de Pearl Harbor


EUA

EUA: Os 75 anos de Pearl Harbor

Com Lusa

Os Estados Unidos da América assinalaram o ataque à base naval havaiana de Pearl Harbor.

No dia do bombardeamento, há 75 anos, a aviação japonesa atacou a base naval norte-americana, matando mais de 2.400 militares e civis norte-americanos.

O bombardeamento contra a frota do pacífico, que durou duas horas, afundou ou danificou cerca de 20 navios e destruiu 164 aviões.

O então presidente Franklin Roosevelt declarou que a data viveria na “infâmia”.

O dia foi assinalado por cerimónias um pouco por todo o país, de Washington à base naval de Pearl Harbor.

Entretanto, o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe disse que pretende visitar os EUA.

Será o primeiro líder japonês a visitar Pearl Harbor, devendo viajar ainda este mês para o Havai, onde se reunirá com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

O primeiro-ministro japonês estará no Havai entre 26 e 27 de dezembro e visitará o local do ataque surpresa do Japão a 07 de dezembro de 1941, que deu início à Segunda Guerra Mundial no Pacífico.

A visita ao Havai surge depois de Obama ter visitado, em maio, Hiroshima, a cidade japonesa onde os norte-americanos largaram a primeira bomba nuclear no final da II Guerra Mundial, matando 140 mil pessoas.

Nagasaki foi bombardeada vários dias mais tarde.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

mundo

Iraque: Pelo menos 55 civis mortos em bombardeamento de cidade controlada pelo Daesh