Última hora

Última hora

Londres: O Brexit e o salão TechCrunch Disrupt

Em leitura:

Londres: O Brexit e o salão TechCrunch Disrupt

Tamanho do texto Aa Aa

A realidade virtual e aumentada, as tecnologias da saúde e as tecnologias móveis ocuparam o palco central do salão TechCrunch Disrupt, um evento se startups, em…

A realidade virtual e aumentada, as tecnologias da saúde e as tecnologias móveis ocuparam o palco central do salão TechCrunch Disrupt, um evento se startups, em Londres.
A cidade é o maior centro de tecnologia da Europa, mas o que vai acontecer quando o Reino Unido deixar a União Europeia?

Mike Butcher da TechCrunch explica: “As duas coisas que afetam as startups são dinheiro e talento, e o talento vai ser verdadeiro afetado pelo Brexit, assim como a forma como as pessoas obtêm vistos, como entram Reino Unido e como contratam para trabalhar no Reino Unido”.

A realidade virtual foi a grande tendência. A empresa polaca RiftCat oferece uma tecnologia que permite jogar jogos de alta qualidade em realidade virtual através de simples visualizadores móveis, como o Google Cardboard.

A SwapBots, com sede em Liverpool, criou um jogo de realidade aumentada que parece dar vida a brinquedos de papelão. Os utilizadores podem criar diferentes personagens.
Apesar do Brexit, Londres continua a ser a capital tecnológica europeia.