Última hora

Em leitura:

Rússia nega ter patrocinado esquema de doping


Rússia

Rússia nega ter patrocinado esquema de doping

A Rússia rejeita ter patrocinado um sistema generalizado de distribuição de doping a atletas.

Em comunicado, o ministério russo dos Desportos, declara não existirem programas nesse sentido e que continua empenhado em lutar contra o doping.

O presidente da federação russa de atletismo admite que houve problemas no atletismo russo e que não se o esconde, mas estão a avançar para eliminar esses problemas.

Dmitry Shlyakhtin explica que todas as reformas que já foram feitas até agora, durante o periodo em que foram suspensos, provam a credibilidade que tudo está a mudar.

O homologo alemão, Clemens Prokop, defende que o desporto russo deve ser excluído de todas as competições internacionais até ser restabelecida a credibilidade da Rússia.

O Comité Olímpico Internacional anunciou que vai reanalisar mais de 254 amostras de urina de atletas russos que participaram nos jogos olímpicos de inverno de Sochi 2014.

Paralelamente, o COI anunciou ainda que alargou o mandato da comissão disciplinar encarregada de examinar as amostras recolhidas a atletas russos durante os Jogos Olímpicos Londres 2012.

As decisões foram tomadas na sequência da divulgação hoje do relatório final do investigador canadiano Richard McLaren, que encontrou “fortes provas de doping institucionalizado” na Rússia, que envolveram mais de 1.000 atletas russos de 30 modalidades, no período compreendido entre 2011 e 2015.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Roménia

Roménia: Eleições domingo para renovar o Parlamento