This content is not available in your region

EUA e Rússia longe do consenso para o fim da crise síria

Access to the comments Comentários
De  Nara Madeira
EUA e Rússia longe do consenso para o fim da crise síria

<p>O secretário de Estado dos <span class="caps">EUA</span>, John Kerry, diz que as negociações para encontrar uma solução para a crise síria continuam em Genebra. Mas as divergências, entre norte-americanos e russos, continuam. </p> <p>Grupos rebeldes afirmaram, à agência Reuters, ter recebido uma proposta prometendo, aos seus combatentes e famílias, uma retirada “segura” e “honrosa” da cidade de Alepo, que teria saído, alegadamente, das negociações. </p> <p>O vice-ministro dos Negócios Estrangeiros russo, citado pela agência de notícias russa <span class="caps">RIA</span>, veio negar que se tenha chegado a um acordo sobre a matéria porque os <span class="caps">EUA</span> insistem “em termos inaceitáveis”. </p> <p>Os rebeldes ainda não responderam à proposta dos <span class="caps">EUA</span>, com ou sem a Rússia, mas caso a aceitem ela permitiria ao presidente sírio, Bashar al-Assad, recuperar o controlo total sobre as áreas mantidas pelos rebeldes no leste de Alepo, o que representaria a sua maior vitória na guerra civil que tem vindo a destruir a Síria.</p>