Última hora

Em leitura:

Breves de Bruxelas: ativistas Yazidi, LuxLeaks e apoio à Colômbia


A redação de Bruxelas

Breves de Bruxelas: ativistas Yazidi, LuxLeaks e apoio à Colômbia

Vítimas da escravidão sexual, Nadia Murad e Lamiya Aji Bassar conseguiram escapar das garras do Daesh e viajaram para a Europa. As duas jovens Yazidi fazem, agora, campanha em defesa da sua comunidade e recebem, terça-feira, o Prémio Sakharov, no Parlamento Europeu, em Estrasburgo.

Neste programa que passa em revista a atualidade europeia diária destacamos, também, o chamado escândalo LuxLeaks. Dois ex-funcionários da PWC, Antoine Deltour e Raphael Halet, e o jornalista Eduard Perrin, voltaram ao tribunal, segunda-feira, para apelar da condenação e muitos ativistas foram manifestar-lhes o seu apoio.

Outra notícia importante refere-se ao acordo de paz entre o governo da Colômbia e a força guerrilheira FARC, que pôs fim a um conflito de mais de 50 anos.

O Presidente colombiano e Prémio Nobel da Paz 2016, Juan Manuel Santos, esteve em Bruxelas para assinar um pacote de apoios concedidos pela União Europeia, no valor de 600 milhões de euros.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

A redação de Bruxelas

Arguidos do "LuxLeaks" recebidos como heróis por ativistas