Última hora

Em leitura:

Breves de Bruxelas: ativistas Yazidi, LuxLeaks e apoio à Colômbia


A redação de Bruxelas

Breves de Bruxelas: ativistas Yazidi, LuxLeaks e apoio à Colômbia

Vítimas da escravidão sexual, Nadia Murad e Lamiya Aji Bassar conseguiram escapar das garras do Daesh e viajaram para a Europa. As duas jovens Yazidi fazem, agora, campanha em defesa da sua comunidade e recebem, terça-feira, o Prémio Sakharov, no Parlamento Europeu, em Estrasburgo.

Neste programa que passa em revista a atualidade europeia diária destacamos, também, o chamado escândalo LuxLeaks. Dois ex-funcionários da PWC, Antoine Deltour e Raphael Halet, e o jornalista Eduard Perrin, voltaram ao tribunal, segunda-feira, para apelar da condenação e muitos ativistas foram manifestar-lhes o seu apoio.

Outra notícia importante refere-se ao acordo de paz entre o governo da Colômbia e a força guerrilheira FARC, que pôs fim a um conflito de mais de 50 anos.

O Presidente colombiano e Prémio Nobel da Paz 2016, Juan Manuel Santos, esteve em Bruxelas para assinar um pacote de apoios concedidos pela União Europeia, no valor de 600 milhões de euros.