Última hora

Em leitura:

Egito: Presidente revela identidade do autor do atentado suicida contra os cristãos coptas


Egipto

Egito: Presidente revela identidade do autor do atentado suicida contra os cristãos coptas

Um jovem de 22 anos, Mahmud Chafiq Mohamed Mostafa, terá sido o autor do atentado que matou no domingo 24 cristãos coptas no Cairo. A identidade do bombista suicida foi divulgada esta segunda-feira pelo presidente egípcio Abdel Fattah al-Sisi, que participou ao lado do patriarca da Igreja copta-ortodoxa, Tawadros II, nas cerimónias fúnebres.

Num discurso proferido durante o funeral de Estado, al-Sisi revelou que foram detidos três homens e uma mulher envolvidos na preparação do ataque terrorista e que dois suspeitos são procurados.

“O que está a acontecer resulta da frustração daqueles que têm procurado sem sucesso quebrar-nos nos últimos três anos, atingindo a nossa economia e lançando uma vaga de actos terroristas. Mas eles sabem que nada nos quebrará”, disse o presidente do Egito.

Os alvos do atentado de domingo foram os fiéis que participavam numa missa numa capela anexa à catedral de São Marcos, sede patriarcal da Igreja Ortodoxa copta. Morreram 24 pessoas e ficaram feridas pelo menos 45.

Os cristãos coptas constituem cerca de 10% da população do Egito.

O último atentado contra a comunidade copta do Egito teve lugar numa igreja de Alexandria na madrugada de 1 de janeiro de 2011, quando um carro armadilhado explodiu, matando 23 pessoas.

O Papa Francisco telefonou esta segunda-feira ao patriarca Tawadros II, manifestando o seu pesar pelo atentado. “Estamos unidos no sangue dos nossos mártires”, disse Francisco, de acordo com o diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Greg Burke.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Síria

Alepo: Exército sírio prestes a controlar a cidade