Última hora

Última hora

Maduro retira nota de 100 bolívares para combater 'máfias'

Em leitura:

Maduro retira nota de 100 bolívares para combater 'máfias'

Tamanho do texto Aa Aa

Nicolas Maduro retira de circulação as notas de maior denominação na Venezuela, as de 100 bolívares.

O presidente justifica a medida com a necessidade de fazer frente a supostas máfias colombianas que estariam a armazenar as notas para destabilizar a economia do país.

Citado pela agência Efe, acusou uma organização não-governamental contratada pelos Estados Unidos de ser a operadora do plano contra o papel-moeda da Venezuela.

As notas serão recolhidas do mercado em 72 horas.

“Dei ordens ás chefias militares para encerrarem todas as possibilidades terrestres, aéreas e marítimas para que estas notas não regressem ao país. Eles levaram-nas e podem ficar com o esquema deles no estrangeiro”, declarou.

Maduro revelou ainda que a medida foi tomada depois de uma aprofundada investigação em que se determinou existirem armazéns com notas, não só na Colômbia, mas também no Brasil, na Alemanha, República Checa e Ucrânia.