This content is not available in your region

AIE revê em alta previsões para a procura de petróleo em 2017

Access to the comments Comentários
De  Euronews  com reuters, bloomberg
AIE revê em alta previsões para a procura de petróleo em 2017

<p>A Agência Internacional de Energia (<span class="caps">AIE</span>) reviu em alta as previsões para a procura global de petróleo em 2017.</p> <p>No relatório mensal sobre o mercado petrolífero, publicado esta terça-feira, a agência internacional espera que a procura no próximo ano cresça em 110 mil barris por dia para 1,3 milhões de barris por dia, em grande parte por causa de um maior consumo de ouro negro na Rússia e na China.</p> <p>Para este ano, a <span class="caps">AIE</span> também reviu as previsões em alta, esperando um aumento da procura de 120 mil barris por dia para um total de 1,4 milhões de barris por dia.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="en"><p lang="en" dir="ltr">Global oil demand growth of 1.4 mb/d is foreseen for 2016, 120 kb/d above our previous forecast <a href="https://twitter.com/hashtag/OOTT?src=hash">#OOTT</a> <a href="https://t.co/wlsj2MB8GI">https://t.co/wlsj2MB8GI</a> <a href="https://t.co/tt9uMh3Mit">pic.twitter.com/tt9uMh3Mit</a></p>— <span class="caps">IEA</span> (@IEA) <a href="https://twitter.com/IEA/status/808599733715562497">December 13, 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>A Agência Internacional de Energia considera também que ainda é <a href="http://www.reuters.com/article/us-iea-oil-idUSKBN1420SF">muito cedo para avaliar o impacto no mercado petrolífero dos cortes acordados na <span class="caps">OPEP</span> e com grandes produtores que não pertencem ao cartel</a>. Para tal, será necessário esperar para ver como os acordos serão implementados.</p>