Última hora

Última hora

Metano no ar

Em leitura:

Metano no ar

Tamanho do texto Aa Aa

Está por todo o lado e influencia os esforços para travar as alterações climáticas: o gás metano está a aumentar na atmosfera.

Está por todo o lado e influencia os esforços para travar as alterações climáticas: o gás metano está a aumentar na atmosfera. Um estudo internacional conduzido pela organização francesa, LCSE, afirma que as concentrações de metano no ar começaram a aumentar desde 2007 e atingiram um pico em 2014 e em 2015.

O metano é proveniente de várias fontes, incluindo naturais, como pântanos e outras zonas húmidas, mas cerca de 60% vem da agricultura e dos resíduos. Os cientistas acreditam que este aumento de metano tem a ver com práticas agrícolas. Na Califórnia, por exemplo, agricultores e os aterros já devem cumprir uma legislação destinada a combater estes gases.

Os agricultores californianos devem reduzir as emissões de metano das fábricas de laticínios e na pecuária em 40%, abaixo dos níveis de 2013, até 2030. Isto pode ser feito, por exemplo, capturando o metano do estrume convertendo-o em eletricidade. Os reguladores também estão a procurar formas de reduzir o metano produzido pelos sistemas digestivos dos bovinos. Isso pode eventualmente levar a alterações na dieta do gado. Graças às reduções na China, as emissões de CO2 devem permanecer estáveis pelo terceiro ano consecutivo, em 2016.