Última hora

Última hora

Turquia detém centenas de militantes curdos após atentado em Istambul

As autoridades turcas afirmam ter identificado os dois autores do duplo atentado suicida de sábado junto ao estádio da equipa do Besiktas em Istambul.

Em leitura:

Turquia detém centenas de militantes curdos após atentado em Istambul

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades turcas afirmam ter identificado os dois autores do duplo atentado suicida de sábado junto ao estádio da equipa do Besiktas em Istambul.

A ação, que provocou a morte de 44 pessoas ferindo cerca de 150 terá sido levada a cabo por um homem e uma mulher, um dos quais proveniente da Síria.

O ataque com uma viatura armadilhada e um bombista suicida visou duas patrulhas da polícia, cerca de duas horas após um jogo de futebol em Istambul.

O grupo armado dos Falcões da Liberdade do Curdistão tinha reivindicado o ataque contra a polícia, que atingiu alguns civis.

Pelo menos 13 pessoas foram detidas nos últimos dias no quadro da investigação aos dois atentados.

Os ataques ocorrem num momento em que o partido pró-curdo HDP se encontra sob pressão do governo que o acusa de ligações aos grupos armados separatistas.

A polícia turca deteve mais de 560 pessoas nos últimos dias, entre os quais vários responsáveis do HDP.

Desde há vários meses que o governo turco prossegue, em paralelo, uma ofensiva anti-terrorista e uma purga contra milhares de figuras da oposição, acusadas de envolvimento na tentativa de golpe militar de julho.