Última hora

Em leitura:

Líder grego explicou a Merkel pacote de alívio da austeridade


A redação de Bruxelas

Líder grego explicou a Merkel pacote de alívio da austeridade

Duas medidas excecionais de alívio da austeridade fizeram de novo subir a tensão entre a Grécia e os credores, levando o primeiro-ministro grego a reunir-se com a chanceler alemã, esta sexta-feira, em Berlim.

Alexis Tsipras defendeu-se dizendo que “a nossa visão é que o crescimento económico não tem só a ver com estatísticas, com números, mas é algo que cura as feridas da crise e ajuda todos aqueles que fizeram enormes sacrifícios em nome da Europa e da estabilidade europeia”.

Em causa está a reposição do 13.º mês para os pensionistas mais pobres e o não aumento do IVA nas ilhas com mais refugiados, que custam cerca de 600 milhões de euros.

Angela Merkel disse apenas que “as nossas conversações nem sempre foram fáceis, mas são sempre honestas e feitas no sentido de obter resultados”.

Em resposta ao pacote de Natal, o Mecanismo Europeu de Estabilidade suspendeu as medidas de alívio da dívida a curto-prazo.

Mas a França foi um dos países a defender mais respeito pela dignidade da Grécia, algo também apoiado pela Comissão Europeia em reação à decisão do governo grego.