Última hora

Em leitura:

Obama pronto a agir contra Moscovo


EUA

Obama pronto a agir contra Moscovo

Barack Obama, em entrevista à NPR News, a rádio pública dos EUA, afirmou que não há dúvidas de que a Rússia interferiu nas eleições presidenciais norte-americanas e que agirá em conformidade. O presidente dos EUA deixou claro que o seu homólogo russo foi informado da sua decisão:

“Precisamos agir e vamos fazê-lo, numa altura e lugar escolhidos por nós. Algumas dessas ações serão explícitas, outras talvez não. Mas o Senhor Putin está a par da minha posição sobre a questão porque falei diretamente com ele sobre ela”, afirmou Obama.

Washington sugeriu que Vladimir Putin terá autorizado, pessoalmente a intrusão às contas de email de responsáveis do Partido Democrata, durante as presidenciais norte-americanas.

CIA e FBI, responsáveis pela “descoberta”, acreditam que Moscovo tentou influenciar o resultado do escrutínio com o objetivo de ajudar Donald Trump a vencê-lo.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Israel

Cisjordânia: colonos de Amona preparam-se para resistir a ordem de evacuação