Última hora

Em leitura:

Sindicatos espanhóis prometem manter luta pela reversão da austeridade


Espanha

Sindicatos espanhóis prometem manter luta pela reversão da austeridade

Um mês e meio depois da tomada de posse de Mariano Rajoy para um segundo mandato, estão de volta a Espanha os protestos contra a política laboral e a manutenção das medidas de austeridade.

Os sindicatos iniciaram, quinta-feira, um ciclo de manifestações nas principais cidades regionais que culminou com uma marcha, na capital, este domingo.

O líder da UGT, Josep Maria Alvarez, disse que “estas manifestações continuarão enquanto for necessário. Só dependem da capacidade do governo não apenas para dialogar, mas também para negociar de verdade e fazer acordos”.

Uma manifestante acrescentou que “estamos a passar por uma situação insustentável, muitos jovens e estudantes já não conseguem viver assim e é por isso que protestamos, que regressámos às ruas”.

Espanha precisou de quase de um ano para ter novo governo, já que o partido de centro-direita foi o mais votado mas sem maioria absoluta.

O chefe de Governo já disse que não vai reverter as reformas estruturais nem os compromissos para o défice orçamental negociados com a Comissão Europeia.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Polónia

Manifestantes renovam protesto contra restrições à imprensa polaca