Última hora

Em leitura:

Trump encerra digressão de agradecimento antes da tomada de posse


EUA

Trump encerra digressão de agradecimento antes da tomada de posse

Donald Trump encerrou, sábado, a digressão de agradecimento aos que o elegeram Presidente dos EUA.

Ao longo de três semanas, Trump deslocou-se a vários estados, alternando com reuniões, em Nova Iorque, para escolher os membros da nova equipa.

Simbolicamente, o comício teve lugar no estado do Alabama, onde começou a campanha presidencial.

Referindo-se à primeira-dama, Donald Trump recordou que “Michelle Obama disse, ontem, que não há esperança, mas eu suponho que ela estava a falar sobre o passado e não sobre o futuro. Digo-vos que temos tremenda esperança, tremendas expetativas e tremendo potencial. Vamos voltar a ser um país de sucesso, vamos ser incríveis”.

Trump, que toma posse a 20 de janeiro, escolheu uma equipa como muitos nomes polémicos, com por exemplo o general na reserva James Mattis, que assume a Defesa, e o general John Kelly, que fica com a Administração Interna.

Mas um dos nomes mais surpreendentes foi o do chefe da diplomacia, Rex Tillerson, ligado aos negócios do petróleo e muito próximo do Presidente da Rússia.