Última hora

Em leitura:

Lagarde culpada de negligência não recebe condenação


França

Lagarde culpada de negligência não recebe condenação

Christine Lagarde é culpada de negligência no caso que opôs o estado a Bernard Tapie mas não há condenação.

A decisão foi proferida pelo Tribunal de Justiça da República, uma instância hibrida, meio política, meio judicial, a única habilitada a julgar governantes.

A defesa queria mais.

“Sim, estou bastante desapontado porque estávamos a pedir a absolvição por isso não vou mentir e dizer que está tudo bem. Dito isso, temos também que dizer que houve uma absolvição parcial porque a senhora Lagarde não foi condenada”, explica o advogado Patrick Maisonneuve.

Lagarde arriscava uma pena que poderia ir até um ano de prisão e 15 mil euros de multa.

Como o tribunal não definiu qualquer punição, a atual líder do FMI não terá registo criminal deste veredicto

O caso remonta aos anos 90 quando Tapie acusou o Estado por alegada fraude do banco Credit Lyonnais (estatal na altura) na venda da sua participação na Adidas.

Em 2007, a decisão da então ministra das Finanças, Christine Lagarde, é colocada em causa por ter permitido uma rara arbitragem extrajudicial, que deu razão a Tapie e obrigou o Estado a compensar o amigo pessoal do então presidente Nicolas Sarkozy em 400 milhões de euros.

Em fevereiro de 2015, a arbitragem foi anulada no tribunal da relação de Paris.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Síria

Bana Alabed, famosa pelos apelos no Twitter, retirada do leste de Alepo