Última hora

Em leitura:

Polónia: terceiro dia consecutivo de manifestações anti-governo


Polónia

Polónia: terceiro dia consecutivo de manifestações anti-governo

Os protestos contra o governo polaco do partido conservador populista Lei e Justiça entraram, este domingo, no terceiro dia consecutivo.

A tensão política entre o Lei e Justiça, no poder, e a oposição, pró-europeia, ficou ainda mais acirrada com o plano governamental de restringir o acesso dos jornalistas ao Parlamento.

Milhares de polacos juntaram-se em Varsóvia, frente ao Tribunal Constitucional, para agradecer ao seu juiz-presidente, Andrzej Rzeplinski, por se ter oposto a alterações que, segundo a oposição, são contra o Estado de Direito.

A manifestação aconteceu enquanto o Presidente Andrzej Duda se reunia, separadamente, com líderes da oposição para tentar reduzir o clima de tensão e encontrar uma saída para a crise politica.

Entretanto, centenas de simpatizantes do líder do Lei e Justiça, Jaroslaw Kaczynski, reuniram-se em frente do palácio presidencial, em Varsóvia, para manifestar apoio ao governo e tentar condicionar uma possível decisão do Presidente.

A primeira-ministra, Beata Szydlo, considera as ações dos opositores como escandalosas e resultado da frustração por perderem o poder.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Síria

Síria: recomeça a evacuação de Aleppo