Última hora

Em leitura:

Ancara e Moscovo acreditam que os seguidores de Fethullah Gulen estão por trás do assassinato do embaixador russo


Turquia

Ancara e Moscovo acreditam que os seguidores de Fethullah Gulen estão por trás do assassinato do embaixador russo

Um grupo de 18 investigadores russos foi enviado, esta terça-feira, para a Turquia para participar na investigação do homicídio do embaixador russo Andreï Karlov, em Ancara.

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Turquia disse ao secretário de Estado norte-americano, John Kerry, que Ancara e Moscovo acreditam que os seguidores do clérigo muçulmano Fethullah Gulen estão por trás do assassinato do embaixador russo.

Para o representante do clérigo Fethullah Gulen, Alp Aslandongan, as acusações contra os seguidores do clérigo são só uma forma de desviar a atenção dos investigadores das falhas de segurança: “este é um esforço desesperado, penso eu, em nome do governo turco, para desviar a atenção das falhas flagrantes da segurança em torno do incidente. Tendo em conta a relação entre Rússia e Turquia, a crise síria, nestas circunstâncias devia existir um forte esquema de segurança em torno dele. Acho que eles estão tentar desviar a atenção dos investigadores desses lapsos flagrantes.

As forças de segurança turcas já detiveram várias pessoas. O pai, a mãe e a irmã do assassino, Mevlüt Mert Altintas, foram detidos em Soke, cidade natal do atacante, situada no oeste da Turquia.

México: Pelo menos 29 mortos e mais de 70 feridos em explosão num mercado de fogo-de-artifício

mundo

México: Pelo menos 29 mortos e mais de 70 feridos em explosão num mercado de fogo-de-artifício