Última hora

Última hora

Rússia e Turquia não estão de acordo sobre quem está por trás do assassinato do embaixador russo

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, disse, na quarta-feira, que “não há dúvida” de que o assassino do embaixador da Rússia na Turquia, Andrei Karlov, era membro da rede do clérigo muçulmano

Em leitura:

Rússia e Turquia não estão de acordo sobre quem está por trás do assassinato do embaixador russo

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, disse, na quarta-feira, que “não há dúvida” de que o assassino do embaixador da Rússia na Turquia, Andrei Karlov, era membro da rede do clérigo muçulmano Fethullah Gulen. Por seu lado, no mesmo dia, o Kremlin declarou ser demasiado cedo para afirmar quem esta por trás do assassínio.

Procuradores turcos estão a investigar por que o polícia que abateu o embaixador não foi capturado vivo. As autoridades turcas já detiveram 11 pessoas.

O presidente russo, Vladimir Putin, não deverá participar no serviço fúnebre, a realizar na Catedral de Cristo Salvador, em Moscovo, na tarde de quinta-feira, mas comparecerá a uma cerimónia anterior no Ministério dos Negócios Estrangeiros.

O consulado russo em Istambul abriu, esta quarta-feira, um livro de condolências para Andrei Karlov, assassinado pelas costas por um polícia turco numa uma galeria de arte em Ancara, na segunda-feira.