Última hora

Em leitura:

Sobreviventes descrevem ataque de Berlim


Alemanha

Sobreviventes descrevem ataque de Berlim

Um casal de italianos que sobreviveu ao ataque em Berlim diz ter escapado “por milagre”. Giuseppe e Elisabetta Lagrassa estavam a comemorar o primeiro aniversário de casamento, quando o camião se precipitou sobre o mercado de Natal. Giuseppe, que escapou com vinte e cinco pontos no rosto e uma fratura num maxilar, explica que se viu “atirado para o chão, porque [foi] atingido pelo camião”. Diz que “não via nada por causa do sangue que escorria da ferida no sobrolho”, mas depois de “olhar à volta”, acabou por encontrar a mulher.

Elisabetta acrescenta que o ajudou a levantar-se e ambos sairam dali “com medo que houvesse explosivos no camião”. E afirma que perceberam “de imediato que se tratava de um ataque”.

Enquanto se multiplicam os relatos dos sobreviventes, vão sendo identificadas as vítimas mortais do ataque. O ministério dos Negócios Estrangeiros de Israel anunciou que Dalia Elyakim, uma mulher israelita que estava dada como desaparecida, está entre os mortos.

A diplomacia italiana identificou Fabrizia de Lorenzo, de 31 anos, como outra das vítimas mortais.

Entretanto, uma iniciativa de financiamento participativo lançada na internet por um camionista britânico permitiu, até ao momento recolher mais de 50.000 euros a favor da família de Lukasz Urban, o condutor polaco encontrado morto no interior do camião usado no ataque.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Alemanha

Ataque de Berlim: Impressões digitais e outras provas incriminam Anis Amri