Concerto solidário depois do atentado em Berlim

Access to the comments Comentários
De  Nara Madeira
Concerto solidário depois do atentado em Berlim

<p>As Portas de Brandeburgo, em Berlim, receberam, esta sexta-feira à noite, um concerto de solidariedade para com as vítimas do atentado que ocorreu na cidade, na segunda-feira. Doze pessoas morreram e 50 ficaram feridas. </p> <p>Várias bandas tocaram, durante várias horas, sob o lema “Berlim juntos”. O presidente da Câmara da capital alemã foi um dos que marcou presença. </p> <p>Para quem por ali passou esta homenagem é também uma demonstração de força: </p> <p>“Estamos aqui para homenagear as vítimas e para celebrar o espírito de Natal, este tipo de coisas não nos deitam abaixo”, adianta Toni Silver, uma jovem de Estugarda. </p> <p>“Homenagear as pessoas é fantástico mas o que aconteceu foi horrível e temos de tentar fazer melhor e não deixar que coisas destas se repitam no futuro”, diz outra jovem, Olga Peleavschi, de Chester, no Reino Unido. </p> <p>Horas antes, no mercado onde a tragédia aconteceu, os visitantes recebiam com alívio a notícia da morte do alegado autor do atentado ainda assim, a preocupação permanece. Para alguns, e ainda que compreendam a atuação da polícia italiana, teria sido melhor prender o homem em vez de abatê-lo.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt"><p lang="en" dir="ltr">Stay strong. Stay together. <a href="https://twitter.com/hashtag/Berlin?src=hash">#Berlin</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/BerlinAttack?src=hash">#BerlinAttack</a> <a href="https://t.co/ZswrWf0itT">pic.twitter.com/ZswrWf0itT</a></p>— Jana Spekhorstová (@spekhorstova) <a href="https://twitter.com/spekhorstova/status/811662321563107328">21 de dezembro de 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script>