Última hora

Em leitura:

Nove jornalistas e repórteres de imagem morrem em queda de avião militar russo


Rússia

Nove jornalistas e repórteres de imagem morrem em queda de avião militar russo

A bordo do avião militar russo que caiu no Mar Negro seguiam nove profissionais da área da comunicação, entre jornalistas e repórteres de imagem, de três canais estatais. Viajavam juntamente com militares e mais de 60 elementos do Ensemble Alexandrov, o coro militar oficial das Forças Armadas russas, que participava nas festividades de Ano Novo na base aérea síria de Jmeimim.

Não chegaram ao destino, mas deixam saudade junto de muitos colegas e amigos.

Eugeny Tolstov, que partilhou imagens nas redes sociais instantes antes de embarcar, desempenhava funções como engenheiro de som para o canal NTV. Trabalhou com o repórter de imagem Oleg Pestov, reconhecido pela atuação em zonas de conflito, e agora recordado por antigos colegas, como o repórter de imagem da NTV, Cyrill Yanchenko: “Conhecia o Oleg Pestov há 15 anos. Nos últimos anos trabalhámos com o mesmo equipamento técnico, por isso posso dizer que olhámos para o mundo a partir da mesma objetiva. Se se registou qualquer tumulto nos últimos anos ele esteve sempre no terreno, na linha-da-frente. Era uma pessoa que não dizia ‘Não’. Um homem com um forte sentido de dever profissional.”

O jovem jornalista Dmitry Runkov, outra das vítimas mortais, estava prestes a completar 30 anos idade.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Rússia

Putin anuncia dia de luto nacional em memória das vítimas de acidente aéreo