Última hora

Em leitura:

Jovem italiano morto no Egito denunciado por líder sindical


Egipto

Jovem italiano morto no Egito denunciado por líder sindical

O responsável pela União sindical de vendedores de rua egípcio assumiu ter denunciado o jovem italiano Giulio Regeni, ao ministério do Interior.

A informação é avançada na edição árabe, para a internet, do Huffington Post.

O corpo do jovem italiano, que estava a estudar no Egito, foi encontrado numa estrada, nos arredores do Cairo, com sinais de tortura, em fevereiro, nove dias depois do seu desaparecimento.

O responsável sindical afirma que se encontrou seis vezes com Regeni e que este colocava questões estranhas para um estrangeiro. Questões sobre segurança nacional, explica Mohamed Abdallah.

A última vez que falaram os dois foi ao telefone, esclarece Abdallah à publicação, o egípcio gravou a conversa e enviou-a para às autoridades.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Rússia

Rússia: Autoridades não descartam possibilidade de ato de terrorismo ter provocado queda de avião