Última hora

Em leitura:

Síria: "o cessar-fogo significa salvar vidas"


Síria

Síria: "o cessar-fogo significa salvar vidas"

A poucas horas do cessar-fogo entrar em vigor, a população de Damasco via com bons olhos o acordo alcançado.

Os sírios estão cansados do conflito que dura há mais de cinco anos e que se estima que tenha feito cerca de 500 mil mortos e 12 milhões de deslocados.

Um residente de Damasco afirma que “é uma decisão corajosa e todos nós, na Síria, estávamos à espera de algo assim. Desejamos que seja permanente, porque acreditamos que já chega de derramar sangue na Síria”.

Outro diz que “o cessar-fogo significa salvar vidas. Esta é uma boa decisão para o nosso país.”

Se na capital do país o cessar-fogo é bem recebido, na região de Azaz, controlada por grupos rebeldes apoiados pela Turquia, nem por isso. Nas ruas, exige-se o fim do regime.

“Sou totalmente contra isso, a 100 por cento. As brigadas que estão unidas no cessar-fogo não estarão unidas na guerra, vão dividir-se. Eu sou contra, porque o nosso principal objetivo era derrubar Bashar al-Assad e Bashar al-Assad vai permanecer’‘, afirma um habitante de Azaz.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

mundo

EUA aplicam sanções contra a Rússia e expulsam 35 diplomatas