Dois bombistas suicidas explodem mercado de Bagdade e "Daesh" reclama ataque

Access to the comments Comentários
De  Francisco Marques
Dois bombistas suicidas explodem mercado de Bagdade e "Daesh" reclama ataque

<p>Dois bombistas suicidas terão estado na origem do atentado terrorista deste sábado de manhã em Bagdade, capital do Iraque. Uma ação, entretanto, já <a href="http://rudaw.net/arabic/middleeast/iraq/311220162">reivindicada pelo grupo terrorista autoproclamado Estado Islâmico</a> (“Daesh”/ <span class="caps">ISIL</span>).</p> <p>Mais de 25 pessoas morreram e cerca de 50 ficaram feridas, após uma dupla explosão ter abalado um mercado no bairro de Al Sinak, à hora de maior afluência. Uma das explosões deflagrou à entrada do mercado, a outra, no interior.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt" align="center"><p lang="en" dir="ltr"><span class="caps">PHOTO</span>s: Two explosions target a crowded neighborhood in Baghdad<a href="https://t.co/KMoclsPxuh">https://t.co/KMoclsPxuh</a><a href="https://twitter.com/hashtag/Iraq?src=hash">#Iraq</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/Baghdad?src=hash">#Baghdad</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/BREAKING?src=hash">#BREAKING</a> <a href="https://t.co/unGxaFr4Ol">pic.twitter.com/unGxaFr4Ol</a></p>— Kurdistan24 English (@K24English) <a href="https://twitter.com/K24English/status/815075631796994048">31 de dezembro de 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script></p> <p>As autoridades iraquianas temem que o balanço de vítimas possa ainda agravar-se dada a intensidade das explosões e a dificuldade de acesso ao local pelas ambulâncias.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt" align="center"><p lang="en" dir="ltr">At least 21 people killed in twin bombing in central <a href="https://twitter.com/hashtag/Baghdad?src=hash">#Baghdad</a></p>— Rudaw English (@RudawEnglish) <a href="https://twitter.com/RudawEnglish/status/815094233115881472">31 de dezembro de 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script></p> <p>De acordo com um porta-voz da polícia, citado pela agência curda iraquiana Rudaw, os dois bombistas suicidas usavam coletes com explosivos e o reforço das medidas de segurança foi imediato.</p> <p>No entanto, residentes no local criticam a falta de segurança e a incapacidade das autoridades iraquianas em prevenir este tipo de ataques.</p>