Última hora

Em leitura:

Donald Trump ameaça General Motors e Ford desvia investimento do México para os EUA


EUA

Donald Trump ameaça General Motors e Ford desvia investimento do México para os EUA

A Ford garante que não há nem acordos nem pressões, mas decidiu cancelar a construção de uma nova fábrica no México e desviou o investimento de 700 milhões de dólares para os Estados Unidos. Esta mudança nos planos da construtura automóvel acontece no mesmo dia em que o Presidente eleito, Donald Trump, ameaçou aplicar uma “grande taxa aduaneira” à General Motors (GM) para todos os veículos que forem construidos do lado de lá da fronteira.

O presidente executivo da Ford, Mark Fields, explicou mesmo que a decisão representa um “voto de confiança” no ambiente propício aos negócios criado por Donald Trump, que toma posse a 20 de Janeiro.

Coincidência ou não, antes deste anúncio, Trump publicou uma mensagem no Twitter onde dizia que a “General Motors tinha decidido produzir o modelo Chevy Cruze no México” e deixou uma ameaça: “Produzam-no nos Estados Unidos ou paguem uma grande taxa aduaneira”.

Recorde-se que mesmo durante a campanha para as presidenciais, Donald Trump acusou a GM, que inclui marcas como a Chevrolet e a Cadillac, de importar do México para os Estados Unidos este modelo de carro sem pagar impostos.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Vaticano

Abertura de restaurante McDonald's no Vaticano gera controvérsia